Restaurante - Taste Festivals Brasil

A Baianeira

A inspiração para o nome do restaurante e para o conceito do cardápio vem do Vale do Jequitinhonha, compartilhado pela Bahia e por Minas Gerais. E são as memórias e os sabores daquela região que apontam os caminhos da cozinha de Manuelle Ferraz (também apresentadora do programa Cook Island, do GNT). A chef, hoje dona de dois restaurantes, um na Barra Funda, outro no Masp, elabora seus cardápios tomando como base a culinária popular brasileira – e dando um toque muito pessoal a itens do cotidiano, seja um singelo pastel ou uma substanciosa carne de panela. O restaurante participa pela primeira vez do Taste.

Organicamente Rango

Um dos projetos mais criativos e empolgantes de São Paulo, o Organicamente Rango faz parte das iniciativas da Agência Solano Trindade – devotada a promover negócios sociais e fomentar a economia solidária no Campo Limpo. Comandado pelo empreendedor Thiago Vinícius e por sua mãe, a chef Tia Nice, o Organicamente Rango serve refeições na região, usando essencialmente a produção orgânica de agricultores locais. Criando receitas simples e saborosas, que são pagas por quem pode, ou entregues gratuitamente para quem não pode, a Organicamente Rango também ajuda a capacitar os moradores do bairro a trabalhar com alimentos. Não por acaso, Thiago recebeu recentemente na Espanha um dos prêmios do 50 Next – braço do 50 Best Restaurants, só que dedicado a reconhecer iniciativas de impacto social dentro da gastronomia. No ano passado, Thiago e Tia Nice participaram do Taste com aulas e expondo seu trabalho com a Solano Trindade. Neste ano, eles levarão também o seu restaurante, apresentando a cozinha de Tia Nice.

Make Hommus + Firin

O jovem Fred Caffarena não tem ascendência árabe nem turca. Mas é um apaixonado pelos sabores que vão da Turquia ao Irã, passando por Líbano, Israel e outros países. Pesquisador incansável e cozinheiro de talento, ele ajudou a transformar o homus, já popular como guarnição, num prato principal, de grande sucesso em São Paulo. Participando pela segunda vez do Taste, Fred servirá delícias do Make Hommus e do Firin – sua casa inspirada em receitas da Turquia. E vai finalizar pratos na churrasqueira, trazendo o sabor da brasa.

Palácio Tangará

Instalado no Palácio Tangará, um dos mais luxuosos hotéis da cidade, este restaurante tem cardápio assinado por um dos chefs mais estrelados do mundo, o francês Jean-Georges Vongerichten – que mora em Nova York, de onde cuida de sua bem-sucedida rede de estabelecimentos. Em São Paulo, quem comanda a cozinha do Tangará Jean-Georges é Filipe Rizzato, um chef com sólida formação técnica e ampla bagagem internacional. Participando do evento pela terceira vez, o Tangará tem apresentado pratos de grande sucesso, como o sushi crocante e a vieira com purê de couve-flor – criações que não apenas agradaram pelo sabor, mas também deram chance ao público de conhecer a cozinha de um dos restaurantes mais caros da cidade a preços do Taste. Neste ano, o Tangará apresenta um menu surpreendente, de alta gastronomia – mas por valores acessíveis, como é a proposta do evento.

Diego Lozano

Chef Croque, Sugarlab, Escola de Confeitaria: por trás de todos esses projetos está o nome de Diego Lozano, um dos mais respeitados pâtissiers do Brasil. Lozano trabalhou em restaurantes, como o D.O.M., de Alex Atala, mas foi como confeiteiro em projetos solo que acabou ganhando expressão nacional e internacional – ele já levou seu trabalho a diversos países e ganhou por duas vezes a etapa brasileira do concurso World’s Chocolate Master. Agora, em vias de abrir mais um estabelecimento (que levará seu nome), Diego Lozano  participará do Taste servindo sobremesas no segundo fim de semana do evento. Entre as especialidades apresentadas, não faltarão as famosas verrines e a choux recheada.

Z Deli

A Z Deli Sandwich Shop é descendente de um clássico da cozinha judaica em São Paulo, a Z Deli Delicatessen, com mais de 40 anos. Fundada em 2011 por Julio Raw, com foco em sanduíches e pratos rápidos, de caráter cosmopolita, que poderiam estar em qualquer grande capital do mundo, a Z Deli “caçula” está presente em unidades nos Jardins, em Pinheiros e no Centro. Especialista em carnes, o chef Julio Raw participa do Taste pela primeira vez. E, entre outras escolhas apetitosas, vai mostrar a qualidade de seu pastrami, considerado um dos melhores de São Paulo.

Casa Rios

Localizado no Tatuapé, longe do circuito Pinheiros-Itaim-Jardins, o Casa Rios vem conquistando clientela fiel e reconhecimento gastronômico desde sua reabertura em 2021 (embora a história tenha começado em 2016, quando o restaurante chamava apenas Rios). Comandada pelo casal de chefs Rodrigo Aguiar e Giovanna Perrone (vencedora do programa Top Chef em 2019), a casa faz uma cozinha de produto, valorizando ingredientes nacionais, preparações tradicionais e trabalhando em especial com a brasa. Em sua estreia no Taste, os chefs vão mostrar todo seu talento e sua versatilidade – que podem ser conferidos na já famosa coxinha da casa (com frango assado na brasa) ou em pratos finalizados na churrasqueira.

Projeto A.Mar

Tudo começou com uma ideia: ajudar os pescadores do Bonete, na Ilhabela, litoral norte de São Paulo, a aproveitar melhor o produto de seu trabalho. Muitas não tinham acesso à energia elétrica; a pesca, sempre artesanal, precisava ser sem desperdícios, honrando a sazonalidade… Surgiram então os primeiros movimentos do Projeto A.Mar, um projeto social voltado a capacitar os pescadores a utilizarem técnicas de conservação (especialmente as mais ancestrais) e a promover o aproveitamento total de peixes e moluscos. Operando desde 2017, sob a liderança do executivo Rodolfo Villar, o A.Mar hoje produz e vende conservas e outros itens de alta qualidade gastronômica, entre embutidos feitas com frutos do mar, bottarga, sott’olio (conservas em azeite) e muito mais. No Taste, o projeto servirá pratos para consumir na hora (como o ‘dog fish’; ou a tostada de mexilhões; e o espaguete com bottarga) e terá também toda a sua linha de conservas, para levar para casa.

Carole Crema

Carole Crema é bem conhecida pelos fãs do programa Que Seja Doce, no GNT, no qual avalia as criações dos confeiteiros competidores. Porém, muito antes de aparecer na TV por assinatura, Carole Crema já era uma consagrada chef, confeiteira e professora de culinária em São Paulo. Com formação internacional, mas apaixonada pela doçaria tradicional, Carole tem um fábrica e um loja com o seu nome. E atrai aos Jardins uma legião de admiradores, em busca de especialidades como o seu bolo de coco e o brownie. Inaugurando uma nova categoria no evento, a dos restaurantes de sobremesa, Carole vai participar do primeiro fim de semana, servindo doces clássicos e novidades (para comer na hora ou levar).

Camélia Òdòdó

O restaurante da chef Bela Gil, aberto no ano passado, não atrai apenas os fãs de Bela, também apresentadora de TV. Acima de tudo, a casa se tornou um endereço certeiro para os apreciadores da cozinha vegana, feita rigorosamente com produtos orgânicos, de agricultura familiar. Sucesso na Vila Madalena, o Camélia destaca releituras veganas de clássicos, como a coxinha e a feijoada, mas também apresenta receitas aromáticas e saborosas, que unem as experiências internacionais da chef com os ingredientes brasileiros. Participando do Taste pela primeira vez, o Camélia Òdódó levará seu restaurante ao evento, mas também venderá seus produtos no Empório Taste. Para quem não sabe, o nome do restaurante vem das seguintes referências: Camélia, por causa da planta do chá (Camellia sinensis); e Òdòdó significa flor, em iorubá.

Mocotó Bar

Atraindo legiões de fãs à Vila Medeiros, Rodrigo Oliveira vem cativando o público brasileiro (e turistas estrangeiros) não apenas com seus pratos de raiz nordestina. Os drinques do Mocotó, mais e mais, vêm chamando a atenção especialmente daqueles que se interessam por uma coquetelaria de matriz genuinamente brasileira. Referências nas caipirinhas, o Bar do Mocotó tem expandido sua carta de bebidas em várias direções, entre clássicos e novidades autorais. Quem comanda o balcão do bar é Ney Albuquerque.

Bar do Jiquitaia

Se Marcelo Corrêa Bastos comanda diretamente a cozinha do restaurante, quem responde pelo Bar do Jiquitaia é Nina Corrêa Bastos. Com uma coquetelaria moderna, que, no entanto, não descuida dos clássicos, o bar tem especial apreço pelos sabores brasileiros. Nina é uma das grandes especialistas em cachaça da atualidade, e escolhe a dedos os rótulos que compõem suas caipirinhas, entre as mais prestigiadas da cidade. Drinques como a caipirinha de limão e caju, e o caju amigo recordista de vendas no Taste, certamente matarão a sede de quem visitar o evento.

Vista + Selvagem

Ocupando o terraço do Museu de Arte Moderna, em frente ao Parque Ibirapuera, o Vista tornou-se um sucesso na cidade não apenas por sua localização, mas principalmente pela comida. Comandado pelo chef Marcelo Correa Bastos, do Jiquitaia, e pelo restaurateur Leo Sanchez, o Vista apresenta uma comida brasileira moderna, com pratos clássicos repaginados e influências da culinária de várias regiões do país. A marca Vista esteve presente no Taste em 2018, e agora retorna para participar dos dois fins de semana, com uma grande novidade – apresentando também pratos do recém-inaugurado Selvagem, restaurante de cozinha brasileira dos mesmos sócios, aberto dentro do Parque Ibirapuera.

Chez Claude

Os restaurantes de Claude e Thomas Troisgros são um sucesso no Rio de Janeiro. E o Chez Claude, aberto em São Paulo em 2020, não fica atrás. Atualmente sob o comando do chef Pedro Franco (um velho conhecido do Taste, participando dos primeiros eventos pelo Fasano), a casa conquistou os paulistanos com os clássicos de Claude, que unem harmonicamente os sabores do Brasil e da França. Estreando no Taste, o Grupo Troisgros vai servir pratos icônicos não só do Chez Claude (como o peixe com banana), mas apresentar novidades do novíssimo Boucherie, abrindo agora em São Paulo.

Tasca da Esquina

Fundada em Lisboa pelo consagrado chef Vitor Sobral, a Tasca da Esquina chegou a São Paulo pelas mãos do restaurateur Edrey Momo em 2012. Sobral, conhecido por pesquisar a tradição portuguesa, mas sempre com um olhar inovador, tornando os pratos mais leves e instigantes, manteve na Tasca paulistana o mesmo espírito de sua cozinha – que, por aqui, é executada pelo chef Renan Lorencetti. Estreando no Taste, o restaurante vai demonstrar sua expertise com o bacalhau e com outras delícias que tornaram a Tasca a referência de cozinha portuguesa moderna na cidade.

Notiê + Abaru

Um dos mais recentes e ousados projetos a ocupar o Centro da cidade, no terraço do Shopping Light, na Praça Ramos, o restaurante Notiê e o Abaru trazem o talento de Onildo Rocha. Pesquisador dos ingredientes brasileiros, chef do Roccia, em João Pessoa, Onildo, no Notiê, serve menus-degustação com um conceito: o de investigar a fundo um bioma nacional, durante toda uma temporada. Já no Abaru, ele explora as possibilidades de um bar gastronômico, levando petiscos e pratos casuais, de inspiração nordestina (caso do rubacão com carne de sol), a outros níveis de criatividade e execução. Participando pela primeira vez no Taste, o chef vai apresentar pratos deliciosos, explorando as duas vertentes.

Barú Marisquería

Participante do Taste na edição de 2019, com grande sucesso, o restaurante do chef colombiano Dagoberto Torres (cujo nome homenageia a Isla Barú, no Caribe colombiano) volta ao evento. Especialista em peixes, moluscos e crustáceos, sempre trazendo sabores e técnicas que remetem à Colômbia (e ao Peru), o chef fez de seu pequeno estabelecimento nos Jardins um porto seguro para quem aprecia a cozinha do mar. No Taste, ele vai retomar a união de pratos feitos na grelha com receitas frescas e sempre muito bem condimentadas.

NB Steak

Arri Coser e Gilson Belusso comandam o restaurante que revolucionou o rodízio de carnes, aproximando-o do conceito de menu-degustação. Coser é um dos grandes nomes da história do churrasco, não só no país, mas no mercado norte-americano. O NB foi fundado em Porto Alegre e chegou a São Paulo em 2013, já com as características que o consagraram: matéria-prima de alta qualidade, serviço atento, execução e pontos sempre precisos. Presentes no Taste desde 2016, o NB é parada certa para muitos visitantes do evento, sempre em busca dos sabores do brisket, do NB steak e da porchetta.

Fasano + Gero Panini

Destaque do Taste desde a primeira edição, a famosa grife gastronômica de Gero Fasano está presente não apenas nas principais capitais brasileiras, mas também no exterior: a casa mais recente foi aberta em Nova York, com grande sucesso. Transitando entre a cozinha clássica italiana e pratos mais despojados (com as marcas Trattoria e Gero Panini), o Fasano já faz parte da história do Taste. Seu tiramisù, por exemplo, é um dos itens mais vendidos em todas as edições do evento (a sobremesa não faltará em 2022, é claro). Este ano, mais uma vez sob o comando do chef toscano Luca Gozzani, o restaurante vai oferecer ao público receitas consagradas, mas também novidades (como o sanduíche de focaccia assada na hora).

Aizomê

Aizomê – Telma Shiraishi abriu o Aizomê em 2007 e, desde então, vem consolidando cada vez mais sua presença na cena gastronômica paulistana. Cozinheira estudiosa das tradições, mas sempre atualizada com o que acontece no Japão e no Brasil, ela atualmente comanda a matriz do Aizomê, nos Jardins, a filial, na Japan House, da Avenida Paulista, e a cozinha do consulado japonês em São Paulo. Graças a sua atuação na difusão de produtos e da cultura alimentar nipônica, recebeu do governo do Japão o título de embaixadora da cozinha japonesa. No Taste, como já tem feito há vários anos, ela vai apresentar pratos frios e quentes, explorando receitas clássicas, mas também apresentando surpresas.

Matilda + Megusta + Ema + Muquifo

Incansável na criação de restaurantes e conceitos gastronômicos, a chef Renata Vanzetto está no mercado paulistano desde 2009 e fez sua estreia no Taste em 2021 (embora sempre tivesse dado aulas nas edições anteriores). Agora, ela retorna ao evento participando nos dois fins de semana. Cada uma de suas casas representa um estilo, da cozinha autoral a receitas familiares, da culinária asiática ao cardápio de bar. Renata levará ao Taste quatro criações, cada uma representando um restaurante.

Le Jazz

Bistrô mais famoso de São Paulo, sucesso há 12 anos, o Le Jazz nunca se desviou da proposta de recriar com fidelidade as receitas dos pequenos restaurantes parisienses, sempre com atenção ao sabor e à qualidade dos produtos. Participante do Taste desde a primeira edição, o restaurante do chef Chico Ferreira vem conquistando o apetite dos fãs do evento com pratos como steak tartare e mexilhões, entre outras delícias. Contudo, o preferido dos visitantes ao longo dos anos tem sido o já famoso sanduíche de leitão – que obviamente está confirmado no cardápio do próximo evento.

Nelita + Mag Market + riso.e.ria

Cozinheira em constante evolução, Tássia Magalhães, apesar de jovem, é hoje uma das chefs de maior expressão no país. Sócia de vários restaurantes, força criativa por trás de uma série de casas de diversos estilos, Tássia tem sua trajetória mais comumente associada à cozinha italiana. Mas mostra cada vez mais competência criativa no Nelita, seu restaurante autoral, além de se destacar com os pães e doces do Meg Market e os arrozes do riso.e.ria. No Taste, participando neste ano dos dois fins de semana, a chef também vai servir, para alegria dos fãs, seu famoso bolo de chocolate.

Komah

A cultura coreana tem ganhado cada vez mais espaço, mundialmente. E um dos pilares dessa expansão é a gastronomia. Em São Paulo, onde especialidades como kimchi e bibimbap tornam-se cada vez mais difundidas, o restaurante Komah vem assumindo a dianteira na divulgação de pratos que, ao mesmo tempo, são potentes e delicados. O restaurante foi fundado no bairro da Barra Funda, e já entrou para história do Taste com receitas de grande sucesso como o samgiopsal, a pancetta com molho picante, e o bulgogui, o churrasco coreano.

Maremonti

Sob o comando do restaurateur Arri Coser, a Maremonti se desdobra em duas vertentes: a pizzaria, com receitas ao estilo paulistano e ao estilo napolitano; e a trattoria, com preparações regionais italianas. E é a face pizzaria do restaurante que participa pela segunda vez do Taste. Levando ao evento um belo forno, capaz de assar rapidamente uma grande quantidade de discos, e no tamanho “brotinho”, sob encomenda para o Taste, a Maremonti vai oferecer a clássica marguerita, um dos grandes sucessos de 2021. Mas também vai instigar o público com o girello (especialidade feita com massa de pizza enrolada).

Mocotó

Às portas de completar 50 anos, o restaurante do chef Rodrigo Oliveira parece mais vigoroso do que nunca. Segue mantendo as tradições da cozinha nordestina, sempre na Vila Medeiros, zona norte, mas continua inovando no cardápio e abrindo espaço para iniciativas de alto impacto social, como a Quebrada Alimentada, com a produção de refeições para famílias carentes da região. Rodrigo Oliveira, que no ano passado inaugurou o Caboco, em Los Angeles, vem se confirmando com um dos grandes chefs do país, e autor do prato mais copiado do Brasil, o dadinho de tapioca – sucesso também no Taste, e já confirmado no cardápio deste ano.

Jiquitaia

Chegando aos dez anos de vida, o restaurante dos irmãos Marcelo Correa Bastos e Nina Correa Bastos está maduro, com estilo cada vez mais definido, mas sempre propondo novidades. Os pratos de estilo brasileiro, porém sempre abertos a influências internacionais, ganharam o reforço do sabor da brasa – e é essa linguagem de cozinha que o chef Marcelo leva ao Taste. No cardápio, não faltará o sanduíche de camarão, sempre um sucesso no evento, mas também preparações finalizadas na grelha, como os quiabos com missô.