Gastronomia Periférica

A Gastronomia Periférica (GP) é um negócio social que busca transformar a vida das pessoas das periferias por meio da gastronomia. Foi criado por Adélia Rodrigues e Edson Leite, que hoje fazem a gestão pedagógica e de novos negócios da GP,  respectivamente.

Esse sistema de ensino gastronômico e de negócios surgiu em 2012 como uma oficina e foi transformado em escola em 2018. Durante a pandemia, a GP adotou o sistema EAD; e voltou com tudo em 2022: ao invés de aulas só remotas, o aprendizado passou a ser híbrido.

Também em 2022, numa parceria com a Mãe Terra, a GP inaugurou na Vila Madalena seu primeiro restaurante-escola, o “Da Quebrada”. Um restaurante com preços acessíveis, 100% vegano e com foco em aproveitamento total dos alimentos. O DQ estará pela segunda vez no Taste São Paulo Festival, trazendo um cardápio, além de trazer o protagonismo das estagiárias que trabalham no restaurante, enaltece insumos brasileiros, como o tacacá e o sorvete de limão com azeite.